sábado, 18 de março de 2017

100 perguntas que vão dar o que falar




Qual foi o dia mais feliz da sua vida? O que você mais gosta de fazer na escola? Como você acha que vai ser o mundo daqui a cem anos? Do que você mais gosta de brincar?
Que tal fazer estas e muitas outras perguntas aos filhos ou crianças com os quais você convive, registrar as respostas e compará-las ao longo dos anos? Essa é a ideia de 100 perguntas que vão dar o que falar, uma iniciativa do movimento Todos Pela Educação agora disponível em formato digital, que permite tanto imprimir quanto registrar as respostas no próprio arquivo e revisitá-las de tempos em tempos.
Nesse caderno, pais, mães, tios, tias, avôs ou avós ou qualquer adulto que conviva intensamente com crianças e jovens e se importe com o relacionamento que tem com eles encontrarão 100 perguntas pensadas para disparar conversas que visam apoiar um bate-papo sincero e uma aproximação autêntica com as crianças e os jovens. Esses diálogos nem sempre são fáceis ou triviais, mas são momentos importantes para ajudá-los a criar referências e colaborar para que cresçam saudáveis, conscientes dos papéis que querem desempenhar e do lugar que pretendem ocupar no mundo. E além disso, favorecem uma boa Educação.
Após cada uma das 100 perguntas do caderno, há um espaço para o registro das respostas, ano a ano, e um comentário inspirador. Com o passar do tempo, é possível retomar uma pergunta já feita, comparar as respostas atuais com as anteriores e, por que não, tentar imaginar o que virá no futuro.
A distribuição da versão impressa do caderno 100 perguntas que vão dar o que falar é feita por meio de parcerias. As organizações podem imprimi-lo e distribuí-lo aos públicos com os quais trabalham ou aos seus colaboradores. 

Postagem anterior
Próxima postagem

Elaborado e escrito por:

Pedagoga, artesã, adepta da paleo, crossfiteira, esposa e mãe. Criatividade à flor da pele. 

0 comentários: